Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2007

Best of 2007

2007 foi O ANO da minha vida!!!!
- the "italian dream" in Erasmus
- artigos publicados ( e num jornal de referência hã!)
- fim da licenciatura
- espanhol e italiano "quase" fluentes
- estágio em são paulo
- primeiro salto de pára-quedas
- Buenos Aires
- Cataratas do Iguaçu (com rafting incluído)
- halloween em espanha
- o primeiro emprego ( e um belo de um emprego!)
- o primeiro press tour
- breve regresso a Itália
- amigos dos 4 cantos do mundo
- bons contactos: professores italianos, jogadores de basket (os campeões de Itália!), jogadores da Serie A, espanhóis milionários, um ex participante do BB Brasil, o assistente do Inspector Max, os chefes mais famosos de São Paulo, o filho de um dos cientistas famosos da NASA e daí para o infinito e mais além!
- aventuras mil
- momentos de para sempre
- etc

Antes de começar, eu já sentia umas borboletas nas pontas dos dedos, e sabia que alguma coisa se iria passar. Talvez devido à adoração mística pelo número 7, ou tão simplesmente pelo i…

"É NATAL, É NATAL..."

Imagem
É inevitável falar do Natal.
Porque as luzes na rua nos encadeiam; porque as músicas nos centros comerciais, em sistema vira o disco e toca o mesmo, nos dão dor de cabeça; porque certas montras desafiam o nosso colesterol; porque o dinheiro voa ainda mais rápido do que o habitual; porque as calças começam a ficar apertadas; porque as mensagens de Natal nos inundam o e-mail e nos deixam sem memória no telemóvel, tornando-nos extremamente sensíveis ao bip bip dos alertas. “Oh não, recebi mais uma mensagem de Natal!” ou “Raios partam as mensagens de Natal!” são expressões muito em voga por estes dias; porque se não comprarmos prendas deixamos transparecer uma imagem de insensibilidade, sovina puro e duro e, em última instância, desajuste social, o qual pode adquirir repercussões negativas no nosso CV, com as respectivas e incontornáveis consequências.
Provada que está a exigência do tema, o que proponho é uma abordagem particular.



O Natal por MIM: habitante da capital; trabalhadora das 9…

A "signorina" volta a ser " menina"

Imagem
“Leaving New York is never easy” diz assim uma certa canção. Pois eu sem nunca lá ter estado, duvido que me seja mais difícil do que deixar Itália…



Na véspera de dia 27, flutuava pela calçada com a minha aura exuberante, e um sorriso que esbracejava por entre os cantos da boca, impertinente, indiscreto, incontrolável, indecente! Contava os minutos, suspirava as ânsias e não podia dormir porque os ângulos das lembranças me faziam sonhar com as surpresas da viagem…
Duas semanas depois, ânsias desfeitas e ângulos regulares, suspiro reticências…e se eu perdesse o avião? Se eu perdesse ao avião ia ouvir a entidade maternal até ao fim do ano e pelo menos metade do próximo, e ia dar uma péssima impressão no meu primeiro dia de trabalho, ao qual faltaria (por ter perdido o avião).
É pois escusado adiar o que tem de ser, porque se tem de ser então tem mais força que o Vesúvio, que a squadra azurra, que o Berlusconi e que a Camorra (máfia que controla Nápoles).
Além disso dei-me conta, que para con…

Napoli - o farwest italiano!

Imagem
Ha' uma cidade italiana onde a terra sobe e desce. Onde esta' a entrada para o inferno, nesse lago sem fundo que muda de cor. Onde Deus é argentino e perdeu-se pelos seus proprios caminhos. Onde se avistam montanhas,umas de impune rocha vulcanica outras, de sacos do lixo com odor irreverente. Onde as aguas sao limpidas e cristalinas, mas ao porto chega todo o tipo de mercadoria negra. Onde a pizza é boa por tradiçao, mas quem a faz e equanto a faz, coça a barriga com a mao...


Ao centro, um dos lemas da cidade hasteado numa caixa de Pizza e um prato de pizzetas de algas, especialidade chinesa (napoliatna bolas! napolitana!); ao canto a bandeira de Portugal hasteada no centro da cidade sem motivo aparente, mas com muito orgulho!

Essa cidade chama-se Napoli e é na essencia do seu paradoxo que se desvincula tao particular.
A fama do perigo, dos mafiosos e de todo o tipo de ladroes atravessou fronteiras, mas ninguem imagina a quantidade de policia que existe em Napoles! Sao ao metro!

"Ben tornata!"

Imagem
Today I passed my door, but I don't live here anymore...

Apòs uma semana com temperaturas abaixo dos 10 graus, no dia em que despedi da Carla e da Via Ormea ( e das suas habitantes de cada esquina, sim, a Carla mora na rua das "meninas" de Torino)estavam quase 20 graus!
Obrigadinha oh S. Pedro! Era imprescindivel tempo de Primavera para um dia que eu viria a passar dentro do comboio!

às 7.15 em ponto cheguei. Um friozinho arepiando a barriga, talvez pelos 3 graus que se faziam sentir ca fora, ou entao pela ansia do primeiro reencontro. Ajeitei a roupa e penteei o cabelo antes de descer do comboio. O primeiro passo em terras do Palio foi um passo como outro qualquer. Nao cai, nao tropecei nem sequer meditei porque o unico pensamento possivel era transportar a mala.
Caminhando pela cidade respirei em cada esquina um atomo de lembranças e os meus olhos circundavam inquietos, esperando ver os espanhois, a Matilde, a Ana ou a Vanessa.. e a Alana que nunca mais chegava! Parei d…

Ale in Italianland - the come back!

Imagem
Quando se sai de um sonho, não se volta a entrar. Pode ser porque a goteira está a pingar, pode ser o despertador inoportuno, o ronco de alguém que dorme aqui e tão longe, a chamada da insónia ou então, poder ser porque já era mesmo hora de acordar.
E quando voltar a ser hora de dormir, logo se volta a sonhar, outras coisas, outras cores, outro lugar...



Ouço as hospedeiras de bordo a falar italiano no avião e comento com os amigos portugueses que acabei de fazer na fila do check in "Que saudades que eu já tinha!!!".
Aterro em Milão às 11 da noite e já não há comboios para Torino, onde vou ver a minha querida Carla que lá está de Erasmus. Mas felizmente, o meu amigo Tommaso, avisado com a devida antecendencia (no dia anterior), foi buscar-me ao aeroporto e deu-me guarida na sua casa. Afinal é para isso que servem os amigos italianos de Erasmus!
O Tommaso era aquele que a Alana chamava de Jimy porque Tommaso lhe fazia lembrar tomato!Ele é jogador de Basket do Siena mas agora está …