Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2008

"Would you ask Picasso to play Pictionary?"

Sim, eu pedia!
(desde que ele ficasse na minha equipa)...

Pensar

AVISO: este post é provocante e pode ferir susceptibilidades, embora não seja essa a intenção.

Eu penso de mais, é um facto. Penso em tudo e de preferência ao mesmo tempo. Penso porque sim, porque não, porque talvez.
Analiso.
Re-penso.
Não é saudável nem traz felicidade, pelo contrário. Aqui estou com o esquizofrénico, certa de que a “Pobre Ceifeira”, o “Gato que brinca na rua” e todo esse conjunto não pensante é mais feliz do que as pessoas que pensam.

“Se eu adoecesse, pensaria nisso.”

By Alberto Caeiro

Mas pensar marca uma diferença, uma atitude: nunca aceitar sem questionar, nunca pensar o que os outros pensam mesmo que seja parecido ou igual ao que eu penso, sobre o qual também tenho de pensar.
Complicado?
Sim, pensar não é fácil!

Fácil, é dividir o mundo em categorias antagónicas: bom e mau, certo e errado, feio e bonito, inteligente e burro, etc.
Fácil ,é ler um texto e beber as palavras, porque é exactamente isto, não pode ser outra coisa, e ainda por cima está bem escrito!
Fácil, é co…

Futebol Clubes da Ale

Imagem
Este post é mais ou menos sobre futebol. (A boa notícia é que não fala da Nereida)!

No outro dia perguntaram-me qual era o meu clube no Brasil, ao que eu repondi, com o devido sotaque, "Corinthians". Não foi suficiente: "mas da primeira divisão, qual é?"
Resposta óbvia: "Corinthians".

Não sou sócia nem sei declamar o plantel de nenhum clube, mas sou convictamente simpatizante de alguns.
Dois deles vieram-me em herança. São as equipas do povo!
Outro é paixão erásmica, que é uma espécie de anti-paixão, porque passa mas não acaba...
E o último, bom... é bizarro...

Benfica - "Glorioso"



"A nossa grandeza assim se ve, nós temos uma catedral voces um wc".



Corinthians - "Timão"



"Corintians minha vida, minha história meu amor..."



A.C. Siena - "Bianconeri"



"Dio perdona ma Chiesa no"




Napoli - "Cuore Azurro"



"Il fatto che il cielo sia azzurro è un chiaro segno che anche Dio è un Tifoso del Napoli"

La salsa!

Imagem
"A menina dança ou descansa?"
"Descansa! Desacansa! Obrigada..."

Na verdade, a menina não dança nem descansa e estremece cada vez que alguém lhe estica a mão...
Porque a menina faz dança do ventre, não faz salsa, nem kizomba, nem cha-cha-chá!
Então o que é que a menina faz na Bafureira numa noite salseira?

Ah pois é!
A menina era para estar no Kubo! Mas as amigas de Lisboa da menina têm alergia a sair à noite, ou não gostam desse tipo de ambientes ou têm namorados depressivos...
Depressiva fico eu, sozinha em casa no Sábado à noite!!!
Eis se não quando, surge o convite "estás pronta para a tua primeira noite de salsa?"
"ah ah ah... estás a falar a sério?".
Estava, estava a falar muito a sério mesmo, nem eu imaginava o grau de seriedade e profissionalismo da coisa!



Ele era sapatos especiais para um lado swing da anca para o outro, voltinha aqui, mãozinha ali e eu no cantinho a tentar seguir o passo base... uma completa outsider num espaço em que as pessoa…

Férias? O que é isso?

Isso de férias de Verão e destinos turísticos, isso de passeios, noite e praia sem preocupações, isso de não ter horários nem obrigações, isso são lugares comuns! Não é coisa para mim...

“Ale, vieni a Capri, ti piacerá tantíssimo! Andiamo nella mia barca! Dai, vieni scioccaaa!”

“Aleshhhhandra, cuándo te vienes a Marbella con nosotros? Tenemos 2 casas ahí y nos vamos todas las semanas. Vente cuando quieras pero tienes que venir!”

“Ale mi niña! Juli va a venir a Barcelona en Agosto vente tu también y salimos las 3 de fiesta por ahí y nos vamos a la playita…”

"Então Lêlê, cê vem para São Paulo nas férias? Ah vem Lê! Tá todo o mundo morrendo de saudade! "

“Aleeeeeeeeee! Te vienes a Logroño este Verán? Es que mi madre solo habla de ti y de cómo eres tan maja y mis amigos siempre me preguntan cuándo vas a venir!”

“Quando é que vens a Faro?”

“When are you coming to London? You said you would come!”

“Filha, vamos duas semanas para a Bahía, para Porto Seguro, tu queres vir?”

“Vado in vacanze …

Sightseeing

Imagem
Qual Belém, qual baixa, qual castelo? Bairro Alto? Parque das Nações? Sintra? O que é isso comparado com o derradeiro ponto turístico, o auge de qualquer city tour!
Afinal, que viagem de reconhecimento a Lisboa estaria completa sem uma visita guiada à “Catedral”?




Pergunta-me o meu amigo de Barcelona se no Brasil também não há um como o Cristo Rei e se nos Estados Unidos também não há uma ponte 25 de Abril e onde é que vamos fazer a Sagrada Família...
Mais um motivo para acentuar a unicidade e originalidade Lisboeta, declaradamente postas em causa!
Estádio da Luz, aqui vamos nós!



Confesso que não tinha muita fé nas visitas guiadas da Catedral... ninguém atendia o telefone para pedir informações, temia que fossemos só os 3 e pior, que as visitas guiadas estivessem de férias!
Subestimei a grandeza do meu próprio clube! À porta, havia uma semi-multidão digna de qualquer excursão ao Prado!
Por dentro, tínhamos um guia que até repetia tudo em inglês e tivemos acesso ao museu, a balneários, …

"Gelados não conta"

Imagem
Eu tenho uma amiga que se rege pelas leis da alimentação saudável. Come de 3 em 3 horas e come coisas sem graça que é como quem diz sem gorduras (ela costumava levar maçãs para a faculdade). Faz sacrifícios de quaresma e evita veementemente fritos e açúcares.
Ora qual não foi o meu espanto quando, certo dia na praia, a escuto dizer “Sim, mas gelados não conta!”.
Como assim gelados não conta? Não conta como doce? Como mais um pneu/grama de celulite? Não conta como pecado no imaculado regime que sustenta esta minha amiga? Não precisei ouvir mais nada. A frase, vinda de quem vinha, tinha validade por si própria sem requerer qualquer posterior explicação.

“Gelados não conta” é hoje uma verdade dogmática basilar na minha existência (mesmo com a descarada inconcordância sujeito-verbo).
Vivo feliz com a minha nova teoria desprovida de quaisquer bases positivistas, não obstante, foi com prazer que, na rubrica “Bem-Estar” da ÚNICA, li a seguinte notícia “Coma gelados pela sua saúde”.
E não, nã…

Tropa de Elite baseada em Foucault

Imagem
“Homem de negro o que é que você faz?
Eu faço coisas que assustam Satanás!
Homem de Negro qual é sua missão?
Entrar pela favela e deixar corpo no chão!”



Após um ano de tentativas em dois continentes, consegui, finalmente, arrastar alguém até ao cinema para ir ver a Tropa de Elite!
Sempre foi mais rápido do que o tempo que eu demorei para perceber verdadeiramente o “Vigiar e Punir”, do Foucault. O clic só se deu ontem, depois do filme, falando do 1º Comando da Capital. “É uma espécie de Camorra ou Al-Quaeda mas à brasileira, e os líderes conseguem controlar todas as operações mesmo estando presos. Até já pararam São Paulo inteira uma vez!”. Mas o próprio “Comando” está dentro de uma estrutura sistémica muito mais envolvente...
Recapitulando: microrganismos, teias de células, redes organizadas, sistemas complexos, instituições perigosas da modernidade e da pós (se é que já há consenso sobre a era em que estamos). Então: sistemas em rede – panóptico – Foucault – “Surveiller et Punir” (sim…

Desmistificação

Imagem

A minha "estrelinha" é um asteróide!

Imagem
Como toda a gente sabe, e quem não sabe vai descobrir agora, eu tenho um histórico com aniversários e jantares de despedida.

Antes de ir para Itália, organizei um jantar que acabou com o pedido da conta + o livro de reclamações se faz favor. No jantar de despedida de Itália, a Alana e a Matilde foram pessoalmente à cozinha reclamar porque uma hora de espera trouxe apenas comida fria. O dono veio pedir desculpas à mesa e ofereceu croquetes e limoncello.



Quando eu fiz 13 anos, a comida demorou mais de duas horas porque era um jantar numa casa de tostas na praia e tinha-se acabado o pão. Também faltou a luz e quando o pão chegou, a luz voltou e toda a gente tinha escolhido tosta de frango, adivinhem? Já não havia frango!
Nos 18, passei o dia a contorcer-me com dores menstruais, limitando-me a vaguear entre o quarto e a casa de banho. À noite melhorei, fiz uma festa na Ilha de Tavira e, estando deitada numa espreguiçadeira, calculei mal as distâncias, acabando por cair de chapa na areia. G…

A revolta do guarda-sol

Imagem
“Monica: So, who do you think the father is?
Chandler: Honey it’s us, of course the father is the dad’s killer!”
In “Friends”, sobre a paternidade da criança que o Chadler e a Monica adoptam.

Sábado, 11 da manhã, Ilha da Armona – Algarve – lindo dia de sol para passar na praia!

Ale: Achas que vai voar? – (vai voar não vai?)
Neuza: Não! – (Provavelmente sim...)



10 minutos depois, à beira-mar:

Neuza: Alexandraaaaaa! A nossa sombrinha está a voar! (Porra! M***! F***)
Alexandra: Agarra aqui que eu corro mais rápido que tu!(" " " " " " " ")– Início de corrida desenfreada pelo areal em perseguição de sombrinha psico-giratória (a sombrinha era às riscas) com potencial assassino.



A fugitiva foi resgatada das profundezas do oceano numa verdadeira operação Baywatch e devidamente re-enterrada e recolocada contra o vento. (Se bem que como estava enterrada quase até ao nariz, não havia sombra suficiente para nós, mas isso é secundário... )

Pelas 14h o vento mudou d…

9 de Julho

Imagem
9 do 7 não é uma dia qualquer:

1249 – nasce o Imperador Kameyama do Japão (é um dia em que nasce gente fina!)

1540 - Dissolução do casamento de Henrique VIII de Inglaterra com Ana de Cleves (é um dia em que as vidas recomeçam, pelo menos as que não foram condenadas à forca)

1689 – nasce Alexis Piron, escritor francês (é um dia em que nasce gente com jeito para as letras)

1721 – nasce Johann Nikolaus Götz, poeta alemão (é um dia em que nasce mais gente com jeito para as letras)

1737 – morre Gian Gastone de Medici, Grão-Duque da Toscana (é um dia em que morre gente importante, independentemente de terem sido mafiosos ou corruptos, facto cuja culpabilidade é inteiramente atribuída aos pais - os quais gostaria de frisar que nasceram noutros dias)

1764 – nasce Ann Radcliffe, escritora inglesa (é um dia em que nasce mesmo muita gente com jeito para as letras!)

1810 - Napoleão torna os Países Baixos parte do seu império (é um dia de conquistas e de conquistadores!)



1816 - A Argentina proclama sua i…

Menina vestida de dança do ventre não paga!

Imagem
Chegou finalmente o dia mais ansiado pelas alunas da Professora Íris e mais temido pelos familiares e amigos das mesmas. O dia do espectáculo de Dança Oriental!



Na verdade, foi o dia DOS espectáculos, pelo menos para as bailarinas (e espero que só mesmo para elas, para bem da sanidade dos espectadores, ou do que restou dela) que fizeram bis da performance. Duas horas e meia mais duas horas e meia outra vez com veste, despe, troca, destroca, come, entra, sai, retoca e faz xixi (ou então não, porque a casa de banho não primava pelo asseio).

O bis tem as suas vantagens: depois de na primeira sessão bater consecutivamente com o dedinho grande do pé num pau qualquer mal posicionado na entrada do palco, à segunda já não caí nessa; as pernas já não tremeram enquanto dançava; e também já sabíamos que a plateia olha para nós como se estivesse a ver as televendas às 5 da manhã e que temos de fazer uma improvisação no final.

Por outro lado, tivemos mesmo de ver outra vez os 10 minutos de “giros…

Domingo-feira

Imagem
Quem não tem férias tem que aproveitar bem os fins-de-semana. O problema é que quando chega a segunda-feira, o mecanismo biológico exige que seja domingo e insiste em manter-se indiferente ao despertador.



O convite era para a festa de aniversário da Blitz no Maxime. Sendo a Blitz uma revista de música, imaginava-se (imaginei eu) que os profissionais da área estivessem presentes (cabeça a minha, esqueci-me que estão todos de férias no Algarve!) e que seria uma coisa com glamour...



Foi um espectáculo de cabaret com striptease, pin ups e chupa-chupas. E homens bêbedos de camisa aberta, exibindo pelos pujantes onde a cruz do fio de ouro se perdia... e vai mais uma bebida do bar aberto para a Fátima entornar! Os copos acumulavam-se na mesa redonda, e ela ia derrubando-os um a um, como se valessem pontos - “Cuidado Fátima!” - tarde de mais, mais um strike de vodka ananás em cima do vestido da Margarida.



Mas o cabaret foi uma experiência diferente, eu diria mesmo única, divertida e de graça! …

Show de dança do ventre - a antevisão

Imagem
“Hathor, Deusa egípcia do Amor e da Beleza, é a Mãe-Divina, a Força Vital Universal que se manifesta, é o Princípio Espiritual expresso sob a forma feminina - o Amor. Ela é a Senhora do Amor alquímico, da transformação do ser pelo Amor profundo.
Hathor, “A Resplandecente”, é a protectora das mulheres, é a Senhora que cura pela dança, canto e música, que, através do êxtase, obtido na embriaguez dos sentidos, conduz à comunhão com o Divino dentro de nós.«Do êxtase eu vim, no êxtase eu vivo, e em teu sagrado êxtase eu voltarei a me fundir.»
Yogananda


Não faço ideia de quem seja a/o Yogananda, ainda se fosse a “Yolandaaaaaaaa”. E até agora estava convencida que o Hathor era o filho dos reis de Tróia, aquele giraço que nesse grande épico morre a lutar contra o Brad Pitt.
A este cenário ajunte-se o “banquete” que faremos todas juntas, para o qual cada uma contribui livremente. A minha professora vai levar salada grega e paté de tófu com sementes de soja. Eu devo levar croquetes congelados d…

Já não há amores impossíveis

Quando as luzes se apagaram,

Quando as cortinas se abriram:

Todas as noites se apaixonaram

Todos os dias se viram.

Nunca se tocaram

Nunca se beijaram

Nunca se sentiram

Nunca conversaram.

Foi segredo bem guardado,

Foi amor à primeira vista.

Uma estória com fim inacabado,

Um romance surrealista.

Pura lógica invertida da impossibilidade,

Como qualquer amor verdadeiro.

Juntos para a eternidade,

Separados a tempo inteiro.

E no silêncio da antítese paradoxal

Comungavam tudo o que ouviam....

Desta vez o destino foi fatal:



Tecto e chão apaixonaram-se

(mas só as paredes sabiam).