Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2016

Rio 2016

Imagem
A hipocrisia é uma coisa que me deixa nervosa. Então agora a Austrália vem reclamar das condições de alojamento na Vila Olímpica? Diz que não querem dormir ali com o resto do povão. É certo que as condições não são as melhores, não é o Copacabana Palace, mas desta vez vou ter que defender a minha segunda pátria, tão amada quanto a primeira. Ora então aprovaram fazer os jogos Olímpicos no Brasil. Má, péssima, terrível decisão desde o início. Este pessoal do primeiro mundo ouve falar em Brasil e só pensa em samba, praia, rabos grandes e festarola.  Não viram como a Uefa quase teve uma arritmia cardíaca porque os estádios do mundial não estavam prontos a tempo?! Nesse momento, o então presidente Lula da Silva, discursou com uma retórica brilhante, argumentando com mestria que a Uefa tinha que se relaxar, que no Brasil as coisas iam a outro ritmo. Desde aí o comité Olímpico teve 2 anos inteirinhos para mudar a sede dos jogos Olímpicos ou para acelerar o “ritmo” brasileiro. Em vez di…

A resistência ao Pokemon Go

Imagem
Vou começar por contar que há muitos anos, quando eu ainda andava no ciclo, aparecerem os desenhos animados do Pokemon e na minha equipa de basket cada uma adoptou o nome de um deles. Eu era o Charmender, um dragão cor de laranja que cospe fogo.  Uns anos antes, aconteceu a mesma coisa com as Spice Girls. Nesse caso eu era a Geri, que sempre tinha mais a ver comigo que um dragão cor de laranja que cospe fogo, mais que não seja por ser uma pessoa.  Confesso que as Spice girls tinham imensamente mais piada que os Pokemon, aliás, o próprio Dragon Ball dava 10 a 0 ao Pikachu, até porque o Pikachu não desenvolve uma conversa muito mais além da repetição constante do seu próprio nome. Mas sei lá, na altura era a moda, ali naquela curva depois dos Backstreet Boys e antes dos Morangos com Açúcar. Ora em plena febre dos Pokemon, havia uma pessoa que não passava cartão àquilo. Que muito provavelmente não sabia distinguir o Pikachu do Charmender. Essa pessoa era o meu pai. Lembro-me que o meu …

POR-TU-GAL! POR-TU-GAL!

Imagem
Foi o dia mais difícil para ser imigrante. Ver o Marquês de Pombal a rebentar, a baixa e as alamedas a cantar e estar aqui tão longe... Portugal estava em festa! Portugal era a festa. Nós fizemos o melhor que pudemos, com a centena e troca o passo de portugueses que se juntou na Plaza Catalunya, formando uma amálgama vermelha e verde, densamente orgulhosa. Cantámos o hino, o Portugal olé, olé e esta merda é toda nossa também. Cantámos as saudades da nossa Casinha e depois girámos por esse repertório repetidamente, intercalando com o Campeões, nós somos campeões! Porque somos campeões! Pela primeira vez na vida do país e de todos nós, ganhámos um Euro, triunfámos numa competição internacional depois de tantos quase. Atirámos as mãos à cabeça, roemos as unhas, cerámos os dentes, pulámos de alegria e esguichámos como loucos a cada gol. E depois de tanto sofrimento, tanto penalty e tanto prolongamento, quem diria? O mundo inteiro apostava por França. Ou pela Alemanha, ou por Espanha, o…