Ainda não estou preparada para o fim do Verão

Aquele momento em que o vento volta a soprar frio e os dias vão desaparecendo cada vez mais rápido.
La vem o edredom de penas outra vez, aconchegar os lençóis.
Vestir-nos transforma-se num drama porque tudo o que tenha manga larga está para lá de inacessível, em algum canto fora de época. E valha-nos Deus para encontrar um par de botas no mar aberto de sandálias.
E o guarda-chuva?
O guarda-chuva depois do Verão é um caso perdido. Como um conhecido que um dia deixámos de ver e de quem nunca mais soubemos nada. Com certeza voltaremos a encontrá-lo quando menos esperarmos e, provavelmente, quando menos precisarmos também.
Mais uma coisa para comprarmos, além de botas, roupa quente e casacos que, infelizmente, são muito mais carosd que os vestidos de alcinhas e os shorts.
Devia haver um subsídio extra de Inverno/Fim do Verão. É preciso comprar guarda-chuvas, a roupa é mais cara e a depressão é um risco muito maior.
Há gente que gosta do frio e das golas altas e de ficar em casa a ver a chuva cair. O frio é desagradável  e dá-me tosse, as golas altas picam-me no pescoço  e a chuva é bonita de ver cair durante dois minutos,  enquanto a praia vale a pena o dia todo.
Não, não sou uma dessas pessoas. Eu sou uma pessoa de Verão.

E até meio de Outubro não me dou por rendida! 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Episódios da vida real

Só uma vez, para variar...

1...