Pesquisar neste blogue

A minha foto
Algarve, Lisboa, Siena, São Paulo, Barcelona, Nova Yorque
No limiar da imaginação e nas extravagâncias mais singelas; No outro lado de Marte e na intersecção das paralelas; Nas reticências dos pontos de exclamação e nas asas do sapo que virou príncipe; No silêncio das trovoadas e no original da imitação; No beijo dos patos e nos versos em que não me viram passar; Em todos os cantos infinitos, e no plano da superfície lunar: Querendo saber quem sou, é aí que me vão encontrar.

sábado, 15 de abril de 2017

Momentos marcantes

Há vários momentos decisivos na vida de uma pessoa e um deles é sem dúvida o primeiro dia de praia do ano!
Porque é um dia em que arriscamos na Primavera apesar da brisa não ser tão suave como gostaríamos, porque ousamos mostrar ao mundo o branco parede que cultivámos durante todo o Inverno com tanto carinho, porque cometemos o a blasfémia de misturar no mesmo “outfit” um casaco preto de couro com um biquíni de estampado de leopardo e folhos cor-de-rosa.
O primeiro dia de praia assinala um antes e um depois. Depois já não parecemos Zombies deslavados e já temos força para afastar o edredom, motivação para re-organizar o armário da roupa e confiança para deixar de usar o casaco de pelo.  
Pois é, o primeiro dia de praia do ano marca uma pessoa. É um dia de coragem e mérito, em que avançamos sem temor face ao sol incerto e, principalmente, um dia de descobertas, quando constatamos que afinal não fizemos a depilação tão bem como tínhamos pensado.

Por tudo isto, o primeiro dia de praia do ano é sempre inesquecível (até ao ano seguinte) e merece o seu lugar neste blog.

Sem comentários: